notícias

Depois de brilhar no Aberto de Golfe do Brasil, Rodrigo Lee enfrenta a altitude de Quito em torneio no Equador

03/10/2019

Notícias

Melhor brasileiro do Aberto de Golfe do Brasil, realizado no último domingo (29) em Porto Feliz, no interior de São Paulo, Rodrigo Lee é o único representante do país no “Banco del Pacífico Open 2019”, que começa nesta quinta-feira, no Equador.

Sétimo colocado na principal competição brasileira, seu terceiro Top-10 da temporada, Lee enfrentará golfistas de mais 18 países em Quito. O torneio é o décimo primeiro da temporada de 2019 e um dos únicos seis restantes na corrida para subir ao Korn Ferry Tour, caminho para o PGA TOUR.

Um dos elementos que tornam única a experiência de jogar Quito nesta semana é a altitude. A 2.850 metros acima do nível do mar, esta é a cidade mais alta do calendário e traz mais uma dificuldade aos competidores: a baixa resistência ao ar faz com que a bola voe 10 a 12% a mais que o normal, um fator de ajuste adicional às condições em constante mudança no jogo.

Fonte: Confederação Brasileira de Golfe