notícias

Brasileiros conhecem o Lima Golf Club, campo dos Jogos Pan-Americanos de 2019

06/08/2019

Notícias

A equipe brasileira de golfe que representa o país nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 conheceu nesta segunda-feira (5), o Lima Golf Club, campo em que serão disputados os jogos. Adilson da Silva, Alexandre Rocha, Luiza Altmann e Nina Rissi treinaram no local de competição e também conheceram atletas de outras modalidades do Time Brasil. Os torneios de golfe vão de 8 a 11 de agosto, último dia de competições do Pan.

“Pode parecer um pouco óbvio, mas o campo é bem plano, porém é bastante estratégico, por causa de várias árvores. Não é tão longo, mas a dificuldade principal talvez seja o vento variável, que muda bastante de direção”, conta Alexandre Rocha. “Pelo que soube, o campo sofreu uma renovação há dois anos, quando colocaram as bancas em lugares estratégicos, que atrapalham principalmente nos pares 4 mais longos, da primeira volta. As bancas estão bem postas, onde os drives caem, o que significa que os fairways estão mais difíceis de acertar, bem mais estreitos. Os greens também têm certo nível de ondulação, estão muito bons”, complementa.

“Concordo com o Rocha. O campo é muito estratégico, as bancas estão todas as 220 jardas, que é a distância média que uma mulher alcança no drive. Então os fairways ficam bem estreitos pra gente. Mas em geral o campo está em ótimas condições e é sempre bom jogar em um local assim”, considera Nina Rissi, estreante no Pan.

Os brasileiros treinam novamente no Lima Golf Club nesta terça e quarta, e disputam os torneios de 8 a 11 de agosto. Apesar de adversários de nível bem forte, a expectativa é alta pela busca por medalhas, algo inédito para a modalidade.

Além de treinar no campo de jogo, os golfistas brasileiros também conheceram as instalações Pan-Americanas nesta segunda, como a Vila dos Atletas, o refeitório e a Zona Internacional. Encontraram atletas de outras modalidades do Time Brasil, como as nadadoras maratonistas Ana Marcela Cunha e Viviane Jungblut, além da equipe de Ginástica Rítmica.

Fonte: Confederação Brasileira de Golfe